segunda-feira, 11 de novembro de 2013

O MELHOR QUE ACONTECEU


Quem se lembra da maria Rosa Colaço? Quem se lembra das suas histórias e poemas? Quem se lembra desse extraordinário livrinho que se chama "A CRIANÇA E A VIDA" que ela fez com os seus alunos?

DIA DE ANOS DO PEDRO

No ano em que eu nasci
tanta coisa aconteceu!
Caiu chuva, houve sol
e muito pão se comeu.

No ano em que eu nasci,
já outros corriam mundo,,
já outros estavam em guerra,
já barcos iam ao fundo.

No ano em que eu nasci
a vida, tal como hoje,
é uma luz, é um vento
que passa por nós e foge.

Nesse dia tão distante,
descobri que é bom viver.
Hei-de fazer dos meus dias
Todos, dias de nascer!

No ano em que eu nasci
não tinha medo de nada:
o colo da minha Mãe
era o ninho, era a estrada!

Mas no ano em que eu nasci
o melhor que aconteceu
fui eu! Fui eu! Fui eu
Fui eu!

Maria Rosa Colaço, “Versos diversos para meninos travessos”

1 comentário:

Brites dos Santos disse...

Lembro-me muito bem, fui amigo dela e dediquei-lhe um poema que ela adorou! :)