domingo, 21 de agosto de 2016

MANUEL DOS SANTOS LIMA


Continuando a interrompida visita à poesia publicado em pequnos cadernos pela Casa dos Estudantes do Império, no caso presente em 1961.

Manuel dos Santos Lima é o fundador em 1960 e primeiro comandante do Exército Popular de Libertação, braço armado do MPLA.
Teendo entrado em rotura com a orientação do MPLA, regressou à Europa, estudou a Suiça, foi professor em Universidades do Canadá, Nova York, Paris, entre outras.

Poeta e romancista um pouco esquecido, tenho o orgulho de o conhecer e de poder dizer que somos profundamente amigos.

ESCRAVOS

Os homens acharam-se de peito ao relento,
sem terra,
sem caminho,
sem destino,
homens sozinhos
acorrentados no terreiro
com os caminhos incógnitos do universo
traçados nos rostos atónitos,
homens de peito ao relento,
quissanges dispersos
nas insónias do mar.

Sem comentários: