domingo, 3 de janeiro de 2010

20 ANOS DO TRABALHO DE UM MESTRE




Não é a primeira vez que falo de João Abel Manta. E não será a ultima. Para sublinhar sempre a excelência do trabalho de um mestre que deveria brilhar muito alto num país onde se dá tanta publicidade à mediocridade de alguns fabricantes "da faca sem lâmina a que lhe falta o cabo" (como dizia Alexandre O'Neill).

Grande senhor da cultura e da arte, João Abel Manta vive retirado dos holofotes, dos jornais e das miudezas sociais. Desenhador, ilustrador e cartoonista, João Abel Manta dá agora a conhecer parte do seu excepcional trabalho como pintor.

Não é um pós-moderno. Não faz malabarismos. Está preocupado com a matéria da arte e com o seu sentido.

Está no Palácio Galveias em Lisboa, ao Campo pequeno. Guarde-se um bom par de horas para o apreciar porque é de uma imensa coerência, densidade e extensão. Imperdível.


licidade

1 comentário:

Júlio Pêrgo disse...

O Mestre atingiu a essência das coisas e é sempre um prazer/ redescoberta
visitar a sua obra.