domingo, 14 de março de 2010

OS PROFESSORES NA VOZ DE UM AGENTE DA GNR

"A VIDA ESTÁ DIFÍCIL PARA TODOS MENOS PARA OS PROFESSORES!"

Eu não queria acreditar no que tinha acabado de ouvir. Confirmei e fomos dois a ouvir este comentário da boca de um agente da GNR.

Há cerca de uma semana atrás, ia eu, na minha vida de escritor e promotor da leitura, a caminho de uma escola perto do mar na zona centro do país. Seguia num carro comercial conduzido pelo meu amigo P., promotor de livros da LEYA.

Fomos mandados parar por uma patrulha suponho que da GNR-Guarda Fiscal. Um dos agentes aproximou-se e passou a pente fino o carro e os documentos. Até a minha mala de viagem foi inquirida.

O tempo ia passando e eu sentado e inquieto com a demora enquanto o agente continuava no seu meticuloso ofício e na sua conversa enrolada e interminável. Faltava uma guia!

O meu amigo P., promotor da LEYA, profissional de altíssima competência e maior educação, procurava expliar a razão porque não trazia uma guia para um mostruário de livros que ia levar aos professores da escola que íamos visitar. O agente ameaçava-o com uma multa de 250 Euros.

P. apelava à boz vontade do agente. "A vida está difícil para todos, sr. Guarda..."

E foi aí que o agente saiu com a sua extraordinária afirmação:

"A VIDA ESTÁ DIFÍCIL PARA TODOS MENOS PARA OS PROFESSORES!"

Apeteceu-me logo saltar do carro e barafustar. Mas se o fizesse seria por certo o meu amigo P. a prejudicar-se e a levar com a multa dos 250 Euros.

Esta é a voz popular, tosca, grosseira, autofágica, a que os nossos políticos e governantes deram força e crédito.

Os professores estão bem... Os gestores das PTs, dos Bancos que vão à falência, dos Tagus Paks e de outros buracos sem fundo é que têm a vida difícil... É ou não é?

Vale a pena comentar?

8 comentários:

Tiago Carvalho disse...

pois é, depois são os alunos a pensarem como os pais e desrespeitarem a escola, os professores e aprendizagem.

Maria disse...

Não. Mas vale a pena arranjar uma alternativa a este governo...

Beijos.

zmsantos disse...

O comentário é inútil. A raiva e a indignação, não!
Se juntarmos um pouco de alegria a estes dois últimos temos, na minha opinião, a base das mudanças necessárias.

Abraço.

Licínia Quitério disse...

Parece que conseguiram transformar os professores em sacos de boxe, como se fossem eles os culpados pela degradação da escola pública. Triste...

Teresa disse...

Pobre Agente,

Tão pouco favorecido de horizontes!!!

Margarida Graça disse...

E o mais grave é que há jovens na escola, já com idade para terem terminado a licenciatura Bolonhesa, que se aproveitam da situação, para terem resultados sem nada fazer e serem aplaudidos nas suas toscas razões! E mais grave, estragam o seu percurso escolar e estoiram professores competentes e ninguém pode fazer nada! Quem consegue ensinar alguma coisa a jovens de 20 anos que não querem aprender?

Nádia disse...

Gosto muito do seu blog...
Tenho 10 anos e sou sobrinha da Cidalia e amiga da Nélia da animação da Biblioteca Municipal de Sintra!
Sei que o senhor e leitor da biblioteca, a minha mae disse-me.
Sabe que a minha mae e a minha avo tambem trabalham la!!!
Com comprimentos Nádia...

Nádia disse...

Tenho um poema para si:

Tenho orgulho em portugal,
no pais em que eu nasci
la estarei sempre...

D.Afonso Henriques
traria felicidade em telo cá
um poeta maravilhoso surgiu cá.