terça-feira, 11 de dezembro de 2007

UMA FESTA INQUIETA, TERNA, DIVERTIDA

Há cerca de 3 meses meti as mãos à net nesta aventura de partilhar memórias, afectos, imagens, notícias, visitas a escolas e bibliotecas, textos, poemas, sei lá que mais... Tudo o qu viesse á rede e fosse peixe.

Pensei, no entanto, que aquilo que me motivava podia não ter interesse para outros. Pensei que recordar momentos de uma vida de vagabundagem activa pelas artes e pelo espectáculo podia ser um exercício de egocentrismo pateta e balofo.

Tive, portanto, alguma dúvida àcerca da utilidade disto tudo. Pus um contador de visitas para ver o que é que acontecia. Ao fim de um mês contabilizei uma média de cerca de 40 visitas diárias.

Aí comecei a pensar que esta sequência organicamente desorganizada pode fazer sentido para outras pessoas. Pode dar notícia do que se passa fora dos centros. Pode lançar sementes. Pode acordar memórias que se juntem a outras memórias. Sei lá... Se os que passam de visita por aqui deixarem uma palavra pode até transformar-se num fórum.

Uma pequenina festa inquieta, terna e divertida. Se assim for já é uma vitória e uma vitória muito saborosa.

1 comentário:

Biblioteca"Mil Maravilhas" disse...

Boa tarde...o seu blog é uma referência para mim, pena tenho que não tenha tido muito tempo para o visitar. Se quiser a minha opinião é de continuar!... Da Susana da Biblioteca Mil Maravilhas