sábado, 27 de novembro de 2010

CANTIGAS E CANTIGOS PARA FORMIGAS E FORMIGOS



Há alguns anos publiquei as "CANTIGAS E CANTIGOS". Eram lengalengas, brincadeiras de palavras e rimas, rendas de sílabas, músicas da língua em estado puro.

Ficou aprazado o 2º volume. Demorou uns anos a sair cá para fora mas aqui está. Mais lemgalengas já experimentadas há algum tempo com meninos em escolas e bibliotecas. Ilustrações do meu filho João Fanha. E uma das cantigas, ou cantigos, para amostra.

O QUE AS COISAS DIZEM


Vem o sol e diz que sim
vem a chuva e diz que não
vem o mar e diz azul
vem o ar e diz balão.

Cada mala diz partida
cada barco diz saudade
cada lenço diz adeus
cada pente diz vaidade.

Uma sopa diz almoço
uma roda diz rodar
uma bota diz caminho
uma asa diz voar.

O poema diz poeta
o braseiro diz calor
o abraço diz amigo
o beijinho diz amor.

3 comentários:

Licínia Quitério disse...

Muito bem. Parabéns aos dois.
Esta cantiga é um docinho.

Beijinho.

mariam disse...

J.Fanha,
É 'deliciosa' a sua escrita para miúdos (e graúdos também). Parabéns a ambos!
beijinhos :)
mariam

Majo disse...

Olá:
Mais uma vez chega de mansinho para nos encantar. Gostava muito de o trazer à minha biblioteca. Diga que sim e como,está bem?
O meu contacto é
mariajoselousa@hotmail.com
Posso esperar a melhor prenda de Natal?
Beijinho