quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

O ÚLTIMO A SAIR

Nos últimos anos da ditadura dos coronéis no Brasil, o governo criou o slogan:
"BRASIL, AME-O OU DEIXE-O"

O povo escrevia por baixo: "O ÚLTIMO A SAIR FECHA A LUZ DO AEROPORTO".

É claro que há pessoas que podíamos exportar, alguns governantes, alguns gestores de empresa, comentadores e opinantes sobre economia da televisão, etc, etc. Não sei se algum país minimamente atento os quereria. Mas isso é outra questão.

Falando a sério...

Eu gosto de Portugal. Gosto muito. E ensino os meus filhos a amarem o seu país. E a darem-lhe o seu melhor. Por isso:

7 comentários:

Maria disse...

E porque é que não os exportamos a eles todos???
:)

Beijo.

Yvette Centeno disse...

Ninguém os quereria!
Mas a nós sim, e cá estamos e ficamos...

tetisq disse...

subscrevo!
Pelo menos, fazem o favor de avisar que não esperam conseguir melhorar a taxa de desemprego e criar oportunidades para nós...

Margarida Tomaz disse...

É indescritível o que se está a passar, no que se refere ao poder de fala de quem nos governa. É indescritível este recuo vertiginosdo, lançando para a pobreza o Portugal que tanto amamos. É indescritível o que ouvimos dos governantes. É indescritível este fervilhar de hipocrisia e maldade em águas mansas! Em nome de quê?

Mar Arável disse...

Tudo pelo melhor

neste Inverno descontente

Abraço amigo

Sílvia Alves disse...

Ficamos. Há um imenso e belo país e tanto para fazer...
http://www.youtube.com/watch?v=i5YkO1TY9xA

JOSÉ FANHA disse...

Queridos amigos,

Muito agradeço os vossos comentários e a vossa força. E agradeço especialmente a presença e as palavras da Ivette Centeno, excelente poetisa por cuja obra tenho enorme admiração.