sexta-feira, 10 de outubro de 2008

UMA LÍNGUA ANTERIOR



Foto Robert Doisneau

Muitos professores estão a pedir a reforma antecipada. Parece que gostavam de ensinar. Melhor do que isso (ou pior...). Gostavam de ajudar a crescer. Gostavam de ajudar a sonhar.


"...TALVEZ O RISO SEJA UMA LÍNGUA ANTERIOR QUE FOMOS PERDENDO À MEDIDA QUE O MUNDO FOI DEIXANDO DE SER NOSSO."


("Venenenos de Deus remédios do diabo", Mia Couto)

Também o sorriso dos professores, os autênticos, se vai perdendo à medida que o ensino vai deixando de o ser.

6 comentários:

Ricardo Pulido Valente disse...

bom espaço...

vim ca parar por uma pesquisa por um poema que precisava...

um abraço, colega.

o escriba disse...

José Fanha

Cada vez há menos sorriso num professor, menos alegria, menos entusiasmo. Um professor era um actor que ria e chorava com a sua audiência - o aluno. Hoje já não é mais actor, é um administrativo, embrulhado em papéis, muitos dos quais inúteis. E isto fê-lo perder a capacidade de abrir as palavras e tirar delas o mundo para dar ao seu aluno.

Um abraço
Esperança

samuel disse...

O ideal para "esta gente" seria criar uma raça de professores que fossem pouco mais que técnicos de informática, para assegurar o fluxo normal de informação que o poder quer injectar nos cérebros, logo desde o "magalhães".

mariam disse...

Nunca deixe de sorrir, por favor.

li esse livro, gostei muito.

e, não só os professores que se estão a "afastar" em debandada... prematuramente.

bom fim-de-semana
um grande sorriso :)

mariam


(dei o seu abraço ao Pedro)

Caçadora de Emoções disse...

Mesmo com as desilusões da vida em geral, e do ensino em particular, devemos procurar manter o sorriso :)

Bom fim-de-semana.
E muitos sorrisos :)))

Caçadora de Emoções disse...

Só para dizer que a fotografia que ilustra o "Post" foi uma óptima escolha!

Beijo,