terça-feira, 14 de abril de 2009

DE QUE É QUE FALAMOS QUANDO FALAMOS DE LEITURA?


Pergunto-me por vezes de que é que falamos quando falamos de leitura?

Competência de leitura? Hábito de leitura?

E porque é que lemos?

Por aprendizagem? Estudo? Informação? Entretenimento? Urgência? Transcendência?

Lê-se para saber como é que a história acaba?

Ou para, através da leitura de um livro, construirmos a história da nossa vida?

Lê-se para passar o tempo? Para nos mantermos vivos? Para tremer de medo e rir até às lágrimas?

Ou para encontrar um parágrafo ou uma frase única como a de Fernando Assis Pacheco quando escreveu:

"UM HOMEM TEM DE VIVER COM UM PÉ NA PRIMAVERA"

7 comentários:

Inquilina Jardim Amoreira disse...

ler é ser e deixar de ser.
ler é ir e voltar.
ler é poder e nao poder.
ler é aprender e desaprender.
ler é rir e chorar.
ler é viver e morrer.

ler, somos nós.

Rita Carrapato disse...

Eu diria que, numa escala de hierarquias – construída por cada leitor - todas as interrogações aqui registadas podem responder à pergunta com que começa a sua publicação. Penso que o que poderá gerar discussão será a forma de se hierarquizarem.

Para reforçar a sua última interrogação deixo duas transcrições:

“A poesia não está somente nos versos, por vezes ela está no coração, e é tamanha a ponto de não caber nas palavras.” Jorge Amado – O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá

“Às vezes penso que o meu papá é um acordeão. Quando ele olha para mim e sorri e respira, eu ouço as notas.” Markus Zusak – A rapariga que roubava livros.

Um abraço

Rita

Tiago Carvalho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tiago Carvalho disse...

Lemos para conseguirmos sobreviver a este mundo cão.

Júlio Pêgo disse...

O acto de ler é uma viagem partilhada com o autor, num diálogo, um acordo ou desacordo, cuja resultante depende do nosso estado de espírito.Normalmente é uma companhia imaginária, virtual e idealizada que nos enriquece e maravilha.

Licínia Quitério disse...

Para tudo isso e talvez para decobrirmos aquela(s) história(s) que julgávamos só nossa(s).

(Que estou eu para aqui a opinar?!)

Beijo.

Caçadora de Emoções disse...

José Fanha,
Ler é descobrir o Mundo, os outros e redescobrirmo-nos... em cada palavra, frase, virar de página!...
É partir à aventura e viver múltiplas emoções.

Emocione-se sempre também com a vida.
Beijos mil e um excelente fim-de-semana :)