terça-feira, 7 de abril de 2009

READING STARS

Cada vez mais a promoção da leitura tem de ser encarada como uma luta civilizacional.

Somos o país que menos lê na Europa apesar de alguns autores se venderem muito. E digo "venderem muito" porque não estou seguro de que vender mais livros corresponda necessariamente a mais leitura ou a mais leitores.

Tem-se feito muito pela leitura em Portugal mas o atraso é enorme e vale a pena aprender com os projectos inovadores de países onde se lê muito mais que aqui e se pretende que se leia muito mais ainda.

Há projectos magníficos nos EUA, na Austrália, na Finlândia, Singapura, em França, Espanha... E este que nos chega agora de Inglaterra.

Com a devida vénia, a notícia é tirada da edição on-line do Jornal A Bola.




HILÁRIO PROMOVE CAMPANHA A FAVOR DA LEITURA

O guarda-redes do Chelsea, ao lado de mais 10 colegas, entre os quais o internacional inglês David James, Brad Friedel (Aston Villa), Mark Schwarzer (Fullam), integra a campanha “Reading Star” que tem como objectivo levar as famílias a lerem mais livros.

Hilário reconheceu que criar hábitos de leitura é algo importante e que tem tentado transmitir essa ideia aos seus filhos: “Leio sempre para os meus dois filhos e acho que esta iniciativa é boa para os fazer ler. É muito importante para as crianças estarem interessadas na leitura desde cedo.”

Cada Clube da Premier League escolhe um jogador que é o campeão da leitura e depois ele irá escolher o melhor livro para crianças e adultos com o intuito de criar uma lista dos melhores 20 livros.

3 comentários:

Mar Arável disse...

Boa malha

mariam disse...

José Fanha,

todos as iniciativas que visem a leitura e o gosto por ela, são excelentes...

BOA PÁSCOA!
um grande abraço e o meu sorriso amigo :)
mariam

Rita Carrapato disse...

Fanha

É prometedora esta iniciativa de "chutos de leitura"

Um abraço

Rita