terça-feira, 20 de novembro de 2007

ESCOLA EB 1 JI DO ALTO DO MOINHO, SEIXAL

Há escolas onde entramos e o trabalho feito pelos professores com os meninos é de tal qualidade que nos faz pensar que crescer pode ser uma coisa luminosa se nos deixarem voar em vez de nos criarem justificações, avaliações, reuniões e outras atrapalhações que matam a beleza do ensino no ovo.

Nem todas as escolas são assim tão capazes de contornar a burocracia cínica com que as querem estrangular. Nem todos os professores são assim tão disponíveis para o milagre que pode e devia ser sempre ensinar. Mas a Escola do Alto do Moinho no Seixal é comoventemente assim.

E foi comovido que fiquei ao entrar nesta Escola, ao falar com os meninos, ao partilhar com eles histórias, poemas e palavras, e ao ver o trabalho feito à volta de dois livros meus, "O DIA EM QUE O MAR DESAPARECEU" e "O DIA EM QUE A MATA ARDEU", onde se contam as maldades feitas por uma horrível família de pássaros Bisnaus.

Resolvi trazer para aqui as colagens de dois destes meninos que é uma forma pequenina de lhes agradecer a eles e aos professores o muito que me ofereceram a mim.

1 comentário:

Bina e disse...

A escola é um lugar educativo onde, para além de, reprodução quotidiana das práticas instaladas pelos seus actores, se moldam sistemas escolhidos para a produção de significados, se partilham saberes, desejos e sentimentos ideais.Há dois momentos-chave na vida de uma escola, o cumprimento dos "currículos" para desenvolvimento prioritário de um bom trabalho, e a divulgação desse mesmo trabalho.
E, é fantástico... ouvir falar de boas práticas e mais fantástico é, o reconhecimento por parte de pessoas exteriores à escola, dessas mesmas práticas.
Apesar do descontentamento dos professores, eles continuam a trabalhar com afinco e criatividade...