quinta-feira, 24 de abril de 2008

JOSÉ AFONSO

GRÂNDOLA, VILA MORENA

Grândola vila morena
Terra da fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti ó cidade

Dentro de ti ó cidade
O povo é quem mais ordena
Terra da fraternidade
Grândola vila morena

Em cada esquina um amigo
Em cada rosto igualdade
Grândola vila morena
Terra da fraternidade

Terra da fraternidade
Grândola vila morena
Em cada rosto igualdade
O povo é quem mais ordena

À sombra de uma azinheira
Que já não sabia a idade
Jurei ter por companheira
Grândola a tua vontade

Grândola a tua vontade
Jurei ter por companheira
À sombra de uma azinheira
Que já não sabia a idade.

4 comentários:

Maria disse...

Cantemos, todos, então!
Bom 25 de Abril!

Abraço e um cravo

rs disse...

"Grândola Vila Morena" foi uma das canções que, cerca de 180 alunos de duas escolas, foram cantar de cravo na mão à escola sede do nosso agrupamento de escola.
Foi uma das maneiras de homenagear aqueles que, duma maneira ou de outra, lutaram pelos valores que o 25 de Abril fez nascer.

Rita

Agulheta disse...

Sempre ao longo da vida,cantarei a té que a voz grite! Liberdade Abril sempre
Abraço Lisa

Parapeito disse...

...Ainda me lembro de como ficavam chocados alguns familiares meus quando eu trauteava...Grândola vila morena
Terra da fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti ó cidade... :)

Que pena tenho que se cante tão pouco.
***