terça-feira, 10 de março de 2009

QUÊ DE CÃO



(Desenho de um menino do Jardim de Infância do Alvor)


QUÊ DE CÃO


Atenção muita atenção
É preciso ter cuidado com o cão!

Ter cuidado com o quê com o quê com o quê?
Ter cuidado
com o quê
de cão!

É preciso ter cuidado
com a corda com o cardo
com a queda e com o calo
o costado do camelo
o cabrito e o cavalo
a quina do cotovelo
a cabeça a cabeçada
o cachucho a caldeirada
o caldinho o caldeirão

Atenção muita atenção
É preciso ter cuidado com o cão!

Ter cuidado com o quê com o quê com o quê?
Ter cuidado
com o quê
de cão!

É preciso ter cuidado
com o quê e com o cê
com o dê de dromedário
quem te viu e quem te vê
escreve lá este sumário
com a causa e o porquê
o motivo e a razão
deste cão ter o seu quê
à boca do coração.

Atenção muita atenção
É preciso ter cuidado com o cão!

Ter cuidado com o quê com o quê com o quê?
Ter cuidado
com o quê
de cão!

(Do livro no prelo: "CANTIGAS E CANTIGOS PARA FORMIGAS E FORMIGOS")

3 comentários:

Maria disse...

E como te deves ter sentido recompensado com este boneco...

Inquilina Jardim Amoreira disse...

o melhor do mundo serão sempre as crianças!

Rita Carrapato disse...

São pequenas grandes coisas!

Um abraço